[Resgate RSC] Buraco Negro

Antigamente eu tinha um blog de nome RPG SEM COMPROMISSO (RSC). No dia 27 de janeiro de 2009, escrevi o texto que apresento novamente, dessa vez nesse blog – Zona Neutra. Como esta escrito no título do post, estamos resgatando palavras a muito tempo perdidas. Fiquem a vontade para comentar, ler, ignorar, ou faça o que veio fazer.

E se abrir um buraco negro no planeta?

Essa questão surge por causa do Grande Colisor de Hadros, um túnel redondo, de 27 quilômetros de circunferência (WoW!!!), enterrado 100 metros debaixo da terra na fronteira da Suíça com a França. Lá os cientistas estão acelerando feixes de prótons a 99,99% da velocidade da luz em direções opostas, para que se choquem. O resultado são 40 milhões de trombadas por segundo – que podem gerar, entre outras coisas, buracos negros. Mas não são aqueles corpos celestes enormes, com densidade tão intensa que engolem tudo o que estiver ao seu redor, inclusive a luz. Os buracos negros criados por humanos são realmente minúsculos.

Segundo Michelangelo Mangano, físico do Cern, centro de pesquisa onde o LHC (sigla em ingles de Grande Colisor de Hadros) foi instalado, o buraco negro não teria tamanho para fazer mal a ninguém. Além disso, não viveria mais de 0,0000000000000000000000000001 (são 27 zeros depois da vírgula); segundo, por que, como todos os outros buracos negros, emitiria radiação e evaporaria.

Mas vamos supor que ele, em vez de evaporar, se mantenha estável. Aí o buraco pode devorar a terra? A resposta é não de novo. Nosso miniburaco negro teria sido criado quase à velocidade da luz e continuaria a passear nesse ritmo se não desaparecesse. Assim, em menos de 1 segundo, ele atravessaria as paredes do acelerador e se afastaria da terra, em direção ao espaço. A única maneira de ele permanecer por aqui é se a sua velocidade for reduzida a 15 km por segundo. Vamos supor que isso acontece também.

Ai sim: por causa da gravidade , ele caminharia para o centro da terra. Mas continuaria sendo ínfimo e nada perigoso. Para que virasse uma ameaça, seria preciso ganhar massa e crescer, e isso só aconteceria se o buraco negro começasse a engolir matéria. O problema é que quem tem o tamanho de um próton passa facilmente pelo interior da terra sem trombar em nada – não parece, mas o mundo ultramicroscópico é quase todo formado por vazio. Na verdade, ele só encontraria um próton para somar à sua massa a cada 30 minutos a 200 horas de passeio. Ou seja, poderia demorar até 8 dias! aí complica: “Para o buraco negro chegar a ter 1 miligrama, levaria mais tempo do que a idade atual do universo”, diz o físico Alexandre Suaide, da USP.

Assim mesmo que o buraco negro criado na Cern não evaporasse e não fugisse para o espaço, ele não conseguiria crescer o suficiente para se tonar ameaça a tempo de acabar com o planeta antes disso: em 5 bilhões de anos, quando o Sol explodir.

Mas e se… Um buraco negro vindo do espaço caísse na terra?

Bom, ele não “cairia” aqui. A Terra é que cairia nele. Um buraco negro do tamanho de uma bola de pingue-pongue teria uma massa maior que a do nosso planeta, então iria atraí-lo. E a Terra começaria a orbitar o buraco. O primeiro sintoma para nós seria o fim dos dias e noites do jeito que conhecemos. Quanto mais rápido a terra girasse em volta dele, menos iria durar os dias e noites. Depois, continuariamos sendo puxados pelo buraco negro, nos aproximando dele num caminho em forma de espiral. Quando a Terra chegasse à borda do buraco, a atração de um lado seria tão maior que no outro que o planeta arrebentaria. E a matéria que antes formava a Terra ficaria toda esticada, até se transformar em uma nuvem cumprida e enrrolada ao redor do buraco. Antes de ser estragado, o ex-planeta acabaria com um formato mais ou menos parecido com o da nossa galaxia, que, por sinal, está agora mesmo girando em volta de um buraco negro – só que um dos grandes, que pode ter um diâmetro quase 130 vezes maior que o Sol.

Texto tirado da revista SuperInteressante, nº 253 de junho de 2008. Assinado por Karin Hueck (um pouquinho modificado).

Agora o RPG:

Podemos tirar desse texto várias idéias para aventuras de Rpg. Pelo menos assim posso visualizar. Imaginem a quantidade de situações que podem surgir se um buraco negro atingisse a terra. Existiria um tempo para os personagens tentarem evitar que a terra seja destruida, mas claro que essa parte, de como os personagens fariam isso, deixo a cargo dos fãs de Viagens Espacial. Enquanto isso uma mudança drástica ocorreria com a terra: clima, tempo de duração do dia e da noite alterados, entre outras coisas que meu conhecimento do universo não permitem dizer.

E se o buraco negro se forma-se dentro da terra o Narrador poderia estabiliza-lo em sua aventura e acelerar o processo de crescimento dele, dando um tempo para os personagens tentarem evitar que a terra seja engolida pelo buraco negro quando ele ganhar tamanho suficiente para isso. É possivel utilizar as proprias instalações do Cerns, que deve ser imenso.

Existe ainda a possibilidade dos cientistas (que podem ser os personagens ou não) estabilizarem o buraco negro e que ele tenha alguns efeitos colaterais extremos: mudanças na condição do planeta (de novo, mas sem o risco de destruí-lo), ser um portal que leva para uma dimensão paralela de puro sofrimento (ou não), pode ser um portal de viagem no tempo, entre outras possibilidades.

Sei que pode parecer uma viagem muito longa da minha cabeça, mas que disse que o rpg não pode ser assim? Por isso mãos a obra e tenham suas idéias e vamos desenvolver essa idéia juntos.

[Resgate RSC] Atributos no mundo do Rpg

No dia 24 de janeiro de 2009 apresentei esse artigo sobre atributos de RPG, mais especificamente a inteligencia. Na época eu tentava criar um cenário com sistema próprio, mas não foi adiante. Dentro da dificuldades que tive no trabalho de criação, me deparei com o problema que é pensar e desenvolver atributos. Foi desse ponto que eu tive a inspiração para esse artigo. A matéria de Super Interessante foi o que me ajudou a escrever esse artigo. Se quiser saber mais continua lendo. O texto em azul são comentários de hoje, dos dias atuais.


tamanho-x-inteligencia

Há algum tempo comecei com uma ideia de criar um sistema. Depois a ideia se transformou em um cenário atual/futurista pós-apocalíptico. Tentando criar um sistema sozinho percebi que as coisas não seriam fáceis. Mesmo para criar um sistema simples as coisas são mais difíceis do que aparentam. É muito fácil pegar um sistema pronto e dizer que ele não é bom ou que deixa muito a desejar. Eu já fui assim e 3D&T era o meu alvo preferido na hora de falar mal de um sistema. Hoje vejo o quanto fui injusto e percebo as qualidades do sistema e o trabalho que deve ter sido pensar nas regras, para que elas fossem boas, simples e únicas. Alguém pode demonstrar que estou enganado, mas é assim que penso agora (e em dezembro de 2012 ainda penso). Outro sistema que falo muito mal é o WoD (e ainda falo), mas esse cumpre os objetivos a que se propõe.

Por causa dessas dificuldades e do trabalhão que é criar um sistema, ainda mais se você estiver pensando em criar um cenário também, decidi usar o Daemon como base para meu sistema, que se chamará Visões (tudo ficou só nos rascunhos – um dia quem sabe). Nesse sistema não haverá historia, apenas regras, ao melhor estilo Gurps (as historias poderão ser utilizadas de outros sistema: Trevas, Invasão, entre outros).

Continuar lendo

Tagmar 2 – Informativo Setembro/Outubto de 2012

Olá a todos os Tagmarianos,

Este é o nosso informativo de Setembro/Outubro de 2012. Depois de de calmaria após o inicio do segundo semestre, o projeto está voltando a ficar agiatado.
se agitaram:

1) Migração do Servidor do Site do Tagmar 2
Finalmente foi completada a migração do nosso site para um servidor novo. Este novo servidor além de ser bem mais rápido, possui um banco de dados mais moderno (SQL Server 2008) e com ele poderemos dar prosseguimento nas melhorias do nosso site, como por exemplo, a nossa tão esperada “Ficha Online”.

2) Retorno aos trabalhos do Livro dos Deuses e Demônios
Após um bom tempo parado, voltamos a tocar este projeto. Acompanhem as novidades em http://www.tagmar2.com.br/forum/default.aspx?g=topics&f=39

3) Livro de Criaturas
Estamos também retornando aos trabalhos de expansão do Livro de Criaturas. Visitem http://www.tagmar2.com.br/forum/default.aspx?g=topics&f=22 e ajudem a melhorar as criaturas que já estão Em Oficialização.

4) Novos Ilustradores para Tagmar
Estamos abrindo uma convocação para novos ilustradores para Tagmar. Nossa lista de Tarefas (http://www.tagmar2.com.br/Tarefas_Lista.aspx?Tipo=I) foi carregada com várias ilustrações a serem feitas. Há ilustrações para o Livro de Criaturas e para o Livro dos Deuses e Demônios.

Pedimos ajuda para divulgarem isto aos ilsutradores fãs de RPG e que possam se dispoar a nos ajudar. Ilustrar para o Tagmar 2 sempre é uma boa oportunidade de mostrar o potencial do ilustrador brasileiro.

5) Contos para Tagmar
O livro “Crônicas de Tagmar – Volume 2” continua recebendo contos. Já temos 6 contos quem podem ser lidos diretamente da nossa TagmarPedia no verbete Crônicas de Tagmar-volume 2.

Mas aproveitem, pois ainda estamos aceitando colaborações. Não perca oportunidade de participar. Envie o seu conto para nós. Os detalhes de como devem ser feitos os contos podem ser visto em  http://www.tagmar2.com.br/wiki/Default.aspx?PageName=Cr%C3%B4nicas%20de%20Tagmar-volume%202.

6) O Templo e o Casamento
Esta nova aventura, que agora será nossa nova “1ª Aventura” finalmente ficou pronta e já está em votação. A previsão de lançamento é para novembro.

Bem… é isso aí!

Vida longa ao Tagmar!

Marcelo Rodrigues
Coordenador do Projeto Tagmar 2

[Resgate RSC] Por Um Momento de Heroismo

Esse texto foi publicado em 18 de dezembro de 2008, no extinto blog RPG SEM COMPROMISSO. Agora, resgatando as palavras, para que não se percam para sempre, apresento esse texto que fala de como eu gostaria de ver mais heroísmo nas mesas em que jogo aqui na cidade onde moro.

“”As vezes me pego imaginando uma forma de meu personagem fazer alguma coisa heróica. Mas o meu conceito de heroismo sempre envolve a vida de outras pessoas. Perigo e risco de morte. Ou seja, arriscar a minha vida (do personagem) pelo próximo. Já ouvi um de meus companheiros falando em arriscar a vida pelos companheiros de grupo. Porém, pra mim, isso não é bem ser heróico, mas sim uma necessidade de sobrevivência, mesmo que exista um auto-sacrificio, mas meio que isso ofusca o ato de heroismo. Continuar lendo

Tagmar 2 – Informativo Maio/Junho de 2012

Olá a todos os Tagmarianos,

Este é o nosso informativo de Maio/Junho de 2012. Depois de um bom tempo sem emitir informativos voltamos agora a emiti-los (bimestralmente).
O início de 2012 foi devagar mas no final do 1º semestre as coisas se agitaram:

1) Nova fase da TagmarPedia
O projeto Tagmar 2 orgulhosamente anuncia o término da da 1ª fase da TagmarPedia.

Nascida há pouco mais de 1 ano, esta ferramenta wiki, inspirada diretamente na WikiPedia, veio para disponibilizar o material oficial do Tagmar de forma online no formato Wiki. Tradicionalmente os livros do Tagmar eram disponibilizados em PDF, que são ótimos para serem lidos e impressos mas não são práticos para se pesquisar. Através da TagmarPedia agora é possível se fazer uma consulta mais interativa de todo conteúdo dos diversos livros do Tagmar 2 sem a necessidade de download e busca manual em cada livro.

Se a primeira fase é marcada pelo carregamento de todos os livros principais do Tagmar 2, o que virá na fase seguinte?

A fase 2 será marcada pelo uso mais intensivo da TagmarPerdia para a criação coletiva. Varias iniciativas não oficiais já estão em andamento nas áreas de Ambientação, Aventuras, Regras e Adaptações para outros sistemas. A grande novidade desta nova fase será o acréscimo de novas funcionalidades na TagmarPedia para que todos os trabalhos sejam realizados diretamente nela, dispensando assim o uso de arquivos word.

Grandes novidades virão em breve… Aguardem. Enquanto isso não deixem de conhecer a TagmarPedia. Acesse pelo menu lateral ou pelo seguinte link http://www.tagmar2.com.br/wiki.

2) Jogue Tagmar e ganhe um exemplar gratuito
O projeto Tagmar 2 iniciou em maio uma promoção imperdível: Jogue Tagmar e ganhe um exemplar gratuito!!!

A cada mês o Projeto Tagmar 2 estará distribuindo uma quantidade limitada de exemplares impressos dos livros do Tagmar para aqueles que participarem das mesas de Tagmar que acontecem mensalmente em São Paulo/SP e Rio de Janeiro/RJ.

Confiram as datas e locais do mês de Junho.

São Paulo
Local: Biblioteca Chácara do Castelo
Endereço: Rua Brás Lourenço, 333 – Jardim da Glória
Data: 23/6/2012
Horário: 12:00 as 16:00

Rio de Janeiro
Local: Fã Festival (http://www.aferj.adm.br/fanfestival2012.html)
Endereço: CECAQ – Rua Macedo Braga Nº 78 – Abolição
Data: 24/6/2012
Horário: 10:00 as 18:00

3) Lançamento: Tabuleiros de Aventura
O projeto Tagmar 2 acaba de disponibilizar mais um livro de suplementos. Tabuleiros de Aventuras é composto por 56 páginas que reúnem uma série de peças de tabuleiros coloridos em escala de 2,5 cm que servem criar mapas de masmorras, castelos, e locais de aventura.

Este é um suplemento muito útil, tanto para os mestres e jogadores que tradicionalmente usam papel quadriculado para mapear os caminhos da aventura; como também para o jogadores que gostam de usar miniaturas, já estes podem ser impressos em laser colorida, o que confere visual muito bonito e de aspecto profissional aos mapas.

Visitem a nossa seção de downloads e baixem o seu exemplar.

4) Livro das Magias Perdidas
Com a entrega do conto, agora só falta apenas 1 tópico para fechar! Fechamento em breve!

5) Contos para Tagmar
O livro “Crônicas de Tagmar – Volume 2” continua recebendo contos. Já temos 5 contos quem podem ser lidos diretamente da nossa TagmarPedia no verbete Crônicas de Tagmar-volume 2.

Mas aproveitem, pois ainda estamos aceitando colaborações. Não perca oportunidade de participar. Envie o seu conto para nós. Os detalhes de como devem ser feitos os contos podem ser visto aqui.

6) Mudanças na Coordenação
Estamos reestruturando a coordenação, criando algumas e mudando outras já existentes, estas são as vagas:

a) Coordenador de Criaturas
b) Coordenador da TagmarPedia
c) Coordenado de Aventuras
d) Coordenador de Jogos Online

Aqueles que desejarem assumir estes cargos deverão mandar uma mensagem para o e-mail do projeto. Mas temos uma novidade… Na hipótese de termos mais de um candidato, usaremos nosso processo de votação.

Bem… é isso aí!

Vida longa ao Tagmar!

Marcelo Rodrigues
Coordenador do Projeto Tagmar 2

ZonaNeutra Agora é um BlogPunk!

AVISO IMPORTANTE: Não se trata de cultura punk, punk rock, pop punk ou qualquer outro gênero de punk.

ZonaNeutra agora é um BlogPunk por que iniciamos uma parceria com a RetroPunk. Fomos atraídos pelos ótimos produtos (e pelos brindes… hehe!), que a editora tem em seu portfólio. O sistema de parceria da RetroPunk Publicações, ou Retropunk Game DesignRP para os íntimos, é simplesmente fantástico. Algo que realmente incentiva a escrever sobre RPG.

O blog ZonaNeutra estava parado a quase um ano. Nesse período sempre desejei voltar a escrever novos posts, mas faltava uma motivação maior. Porém, no dia 5 desse mês tudo mudou quando conheci esse sistema de parceria da RP. Esse era o empurrão que faltava.

Com a ideia da parceria decidida e encaminhada, faltando apenas receber a reposta da RetroPunk, me dediquei aos estudos dos títulos da Editora. Depois de ler sobre Abismo Infinito, Este Corpo Mortal, Rastro de Cthulhu, entre outro, tomei outra decisão: escrever nesse blog sobre materiais “menos famosos” e “pouco convencionais”. Já foi comentado no post anterior o quanto sou apegado aos grandes títulos do cenário rpgistico. Esse apego me fez colocar barreiras que me afastam de novos rpg’s, principalmente dos mais alternativos. Porém, o objetivo hoje é mudar essa realidade.

Os nomes de alguns sistemas que serão abordados nesse blog serão apresentados em um post futuro. Obrigado a todos que aqui estiveram e até o próximo post.

Agora vou assistir Episódio 1 da Paragons TV, que fala sobre Esse Corpo Mortal. Depois ouvir a gravação no 4Shared de ReyOoze e amigos, que também fala sobre Esse Corpo Mortal.

ZONA NEUTRA AINDA VIVE!

Quase um ano se passou desde o ultimo sinal de vida nesse longínquo canto da world wide web. Muitos podem ter pensado que não haveria retorno, mas nesse momento oportuno eis que a esperança se renova. Não há tempo para explicações do por que de tal situação e nem mesmo para lamentações. Mas há sim um momento para um pedido único de desculpas para os que retornavam a este lugar em busca de conhecimento e chegando aqui nada encontravam, além de pergaminhos antigos. Junto com o pedido de desculpas segue a promessa de que tentaremos entregar um novo tomo de informações a cada semana.

Um detalhe importante a se registrar é que quase sempre procurei escrever sobre coisas que estou vivenciando. Rpgisticamente falando, que estou jogando. Para complicar um pouco mais, sou do tipo que se mantem fiel aos velhos costumes em se tratando de sistemas de rpg. Isso significa que aos pensar em jogar rpg lembro de GURPS, D&D e WOD. E isso reflete no que escrevo para o blog. Os posts acabam sendo voltados para notícias de GURPS, adaptações de D&D e opiniões sobre WOD. Salvo algumas tentativas de abordar temas sobre TAGMAR2, Ao Cair da Noite, entre outros. Porém, decidi que de hoje em diante as coisas vão mudar.

Pesquisando na internet vi que existem muitos títulos para downloads. Alguns em versão completa para serem utilizados. Outros no modelo Play-Teste, mas que permitem jogá-los sem maiores problemas. Diante desse cenário resolvi começar a escrever sobre esses sistemas de rpg disponíveis na web e alguns outros alternativos, que não estão na mesa dos grandes públicos (Em todo caso essa informação se baseia apenas em opinião pessoal).

A motivação para isso é experimentar o novo e apresentar o resultado dessa jornada a quem interessar. Para que assim possam encontrar coragem para seguir um caminho semelhante e, talvez, encontrarem uma nova opção de diversão que esta ao alcance de um download.

No próximo artigo apresentarei os sistemas que serão discutidos nesse blog e que poderão se tornar nomes constantes. Isso não significa que sistemas mais conhecidos e tradicionais ficarão para sempre de fora. Não é esse objetivo. Mas provavelmente deverão se tornar cada vez mais raros.

Agradeço desde já a atenção e até o próximo encontro.