Entrevista com João Marcelo – Coordenador do Projeto CASA

Bem Marcelo, como lhe disse, estamos iniciando um trabalho de divulgação de nosso projeto. Estamos com um site/blog na internet e um fórum para que possamos discutir as mais variadas notícias.

Como tratamos de todo o material possível para a cultura jovem, imaginamos que seria uma grande honra para a gente fazer uma entrevista com você, para falar sobre o projeto CASA.

Zona Neutra: Seu nome completo e idade?

João Marcelo: João Marcelo de Andrade Alves, 26 .

ZN: Qual sua ocupação?

JM: Jornalista formado na UFC, economiário da Caixa Econômica Federal, presidente da C.A.S.A. (Cultura e Arte Solidária de Acaraú).

ZN: De onde surgiu a idéia de criar a CASA?

JM: Da necessidade de trabalhar com a arte e com a cultura valorizando estes dois segmentos da atividade humana entre os acarauenses.

ZN: Quando foi fundada e quais seus objetivos?

JM: Abrimos as portas a primeira vez em julho de 2007 (a antiga sede ficava próximo ao campo de aviação), fizemos nossa 1ª assembléia de sócios em setembro quando ela passou a existir legalmente com estatuto reconhecido em cartório e com inscrição no cadastro nacional de pessoa jurídica.

Temos o objetivo de ensinar e propagar a Arte, a Cultura e o respeito à natureza entre a juventude e a sociedade acarauense, ofertando oficinas gratuitas e atividades ecológicas. Buscamos também capacitar os jovens artisticamente, para que consigam gerar renda através de seu trabalho.

ZN: Como a CASA se mantém na ativa? A CASA tem algum patrocínio ou apoio de outras entidades?

JM: A princípio com a cara e a coragem conseguimos muitas doações no comércio, de voluntários e sócios e recebemos e atendemos encomendas com a confecção de materiais reciclados produzidos na C.A.S.A. (como os pufes de garrafa PET) e do artesanato fabricado. No momento esperamos recursos para o PROJOVEM-ADOLESCENTE.

ZN: Quantas pessoas estão envolvidas, direta e indiretamente, com funcionamento do projeto?

JM: Hoje temos 15 sócios, 12 facilitadores de oficinas, e uns 60 jovens diariamente distribuídos nos três turnos do Projovem-Adolescente e atividades da C.A.S.A.

ZN: Quais os horários de funcionamento e o endereço da CASA, para aqueles que quiserem conhecer?

JM: Pela manhã 08:00 às 11:00, tarde 14:00 às 17:00, noite 18:00 às 21:00, na Rua José Júlio Louzada 491, no Centro em frente ao Colégio Tomáz Pompeu de Souza Brasil.

ZN: O que exatamente está acontecendo no momento na CASA? Atualmente quais as oficinas que são oferecidas na CASA?

JM: Iniciamos três coletivos do Projovem-adolescente no fim de junho. No Projovem-adolescente temos teatro, capoeira, desenho, artesanato, artes plásticas, música e reciclagem de papel e garrafas PET. Já ofertamos oficina de Circo. Todos os meses realizamos uma atividade ecológica. Já realizamos mutirões de limpeza na Praia de Arpoeiras, no Rio Acaraú, e uma passeata ecológica, celebramos o Dia do Gari. O último foi um Passeio Ciclístico em julho.

ZN: Existe alguma oficina ou atividade relacionada à teatro ou interpretação?

JM: Sim. No coletivo da noite com a Nilvânia do Grupo FUSART.

ZN: Quais as oficinas que estão planejadas para acontecerem?

JM: Estamos pelejando pintura e grafite. Alguém quer ser o(s) facilitador(es)?

ZN: Qual o perfil das pessoas que freqüentam o projeto?

JM: Em sua grande maioria jovens entre 15 e 17 anos no Projovem. Mas as portas estão abertas e temos crianças e adolescentes de todas as idades freqüentando a C.A.S.A.

ZN: Os participantes das oficinas apresentam seus resultados em algum lugar que possa ser visitado?

JM: Os trabalhos realizados na C.A.S.A estão expostos diariamente na C.A.S.A e quando tem alguma exposição nós levamos o material produzido nas oficinas.

ZN: Como se faz para participar das oficinas?

JM: Tem que ir até a C.A.S.A e conversar comigo, com a Marina ou com a Átila.

ZN: Como se faz para ajudar a coordenar as oficinas?

JM: Entrem em contato conosco e estamos dispostos a coisas novas no Campo da Arte, da Cultura, e da Ecologia.

ZN: Existe a possibilidade de se criarem oficinas para ensinar alguma atividade nova para os participantes do projeto?

JM: Com certeza. Só depende dos objetivos e do conteúdo.

ZN: Qual o destino de tudo que é criado na CASA?

JM: O mundo.

ZN: O espaço está disponível para atividades extra-projeto, como passatempos e jogos lúdicos?

JM: Com certeza. Basta entrar em contato e buscarmos um entendimento.

ZN: Tem objetivos maiores, que possam fazer com que a CASA seja mais visada e mais conhecida?

JM: Só o tempo dirá. Como Deus quiser.

ZN: Algum recado para os leitores do site?

JM: Tenham fé em Deus e persistam no que vocês acham que é bom para si e para seus irmãos e irmãs. Façam sua parte pela Preservação da natureza e da vida. Tempo é Arte.

Visitem a C.A.S.A e o nosso flog aqui. Tragam boas idéias para podermos realizá-las. Um abraço a todos e Sejam felizes.

***

Um grande abraço para o pessoal do Projeto C.A.S.A. e que toda a sorte do mundo esteja com vocês. Esperamos ver o projeto figurando em novas mídias futuramente e torcemos por vocês.

Um grande abraço.

Equipe Zona Neutra

Anúncios

5 pensamentos sobre “Entrevista com João Marcelo – Coordenador do Projeto CASA

  1. Pingback: 1º Encontro da Cultura Jovem de Acaraú « Zona Neutra

  2. Pingback: Entrevistas: Alexandre Nordestinus « Rpg Sem Compromisso

  3. Pingback: Entrevista com Mestre Meyer [PC Pronto]… « Zona Neutra

O que achou desse post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s