Precisa-se de mestre de Gurps (remunerado)

Não é brincadeira. Esse anúncio existiu mesmo numa comunidade do Orkut. Mas ele é de 2006 [para os interessados], então acho que eles devem já ter achado algém que se encaixe no perfil…

Local: Região Sul da cidade de São Paulo (Grupo de pessoas, não é loja.)
Sistema: GURPS 4ª Edição
Cenário: Banestorm (estilo Low Fantasy)

Idade: qualquer, contanto que tenha maturidade no argumento das aventuras.

Experiência: ter mestrado GURPS algumas vezes

Perfil de aventura:
– equilibrado em interpretação e combate
– cinematográfico como em filmes de Hollywood (Senhor dos Anéis, Piratas do Caribe e Conan)
– magia um pouco mais restrita (itens mágicos um pouco mais difíceis de encontrar, como nos filmes Senhor dos Anéis e Conan).
– PCs heróis, superiores aos NPCs comuns, (mais pts que o camponês, o taverneiro da esquina, o soldado raso, etc.)
– Queremos aventuras bem fundamentadas, tenho dó dos monstros de D&D que são sempre chacinados por aventureiros gananciosos dentro de suas tocas. Pq vamos entrar nas tocas? Pq os monstros guardam dinheiro? Pq outros kras não foram lá e levaram o dinheiro deles?
– BOM SENSO. Alternativas para resolução de acontecimentos, não haver aquele único meio que o mestre pensou, caso uma solução de um PC seja plausível e interessante deve ser colocada em questão.
– Liberdade para interpretação dos Players. Jogo de cintura, muitas vezes os PCs se voltam para outro caminho não pensado pelo mestre, queremos um mestre que ministre situações, não bloqueie a ação do player tão arbitrariamente. Apesar que argumentos lógicos em algumas situações são incontestáveis.
– Lógica nas aventuras, pq aquele anão abriu uma taverna dentro daquele dungeon? Como aquele monstro sobreviveu naquele ambiente fechado onde ninguém entra a séculos sem comer ou sem beber. Nós queremos saber!
– Nada baseado em animes como DragonBall Z! Somos tradicionais, não gostamos de super-ultra poderes exagerados, preferimos o estilo de Caverna do Dragão.

CARACTERÍSTCA IMPRESSINDÍVEL PARA O MESTRE:

Afim de se divertir. O pagamento é apenas uma contribuição para o mestre se empenhar em trazer aventuras cada vez mais interessantes, enviar resumos por e-mail, procurar ilustrações para usar na aventura, etc. Queremos um mestre que se torne nosso amigo e goste dessa maneira que a gente joga. Não queremos forçar ninguém a mestrar do nosso jeito.

Pagamento: a combinar, no final de cada sessão de jogo.

Entrar em contato pelo e-mail: não_vou_postar_o_e-mail_do_cara[por motivos obvios]@hotmail.com, por favor envie o e-mail, pois nem sempre tenho tempo para ver o orkut.


Vamos falar sobre isso?
Primeiro: pagar para alguém mestrar RPG? Nunca tinha pensado nisso, mas pode ser um sinal de que os caras estão buscando mais qualidade. Sinal de que nenhum deles têm capacidade de mestrar uma aventura que seja no mínimo interessante aos outros. Ou seja, o dinheiro será fácil, fácil…
Segundo: Queremos aventuras bem fundamentadas, tenho dó dos monstros de D&D que são sempre chacinados por aventureiros gananciosos dentro de suas tocas. Pq vamos entrar nas tocas? Pq os monstros guardam dinheiro? Pq outros kras não foram lá e levaram o dinheiro deles?
– Isso daria um ótimo post. Qual o motivo real de cada personagem para entrar numa sala cheia de perigos, sabendo que corre o risco de morrer a qualquer momento? Simplesmente por alguns itens mágicos? Talvez por isso eu ache D&D tão superficial…
Terceiro: Queremos um mestre que se torne nosso amigo e goste dessa maneira que a gente joga. Não queremos forçar ninguém a mestrar do nosso jeito.
– NÃO??? E o que é isso exatamente de pagar para ter um bom mestre?
Eles queriam comprar um amigo… Meu Deus…
Ví isso na comunidade e fiquei super interessado na proposta que os caras fizeram. Pode ser que eles tenham conseguido alguém, mas confesso que gostaria de saber se eles ainda o pagam para mestrar.
Abraço a todos…
Jogue o que jogar. Jogue RPG.
Anúncios

7 pensamentos sobre “Precisa-se de mestre de Gurps (remunerado)

  1. Tem gente que acha absurdo pagar alguém para mestrar. Eu não acho. Vejo isso como um serviço como outro qualquer.

    Só imagino como devam ser as cobranças desse tipo de cliente, até porque “estilo” é uma coisa muito subjetiva, ainda mais quando você está lidando com muitas pessoas.

    Alguém ia achar que estão ganhando itens demais, outro ia achar que ganham de menos… e por aí vai.

    O que eu acho é que, na prática, isso não deve dar certo no longo prazo, mas queria muito ouvir o relato de alguém que tenha pago pelo serviço.

  2. Gosto cada um tem o seu, né! Por que eu jogo D&D, mas eu poderia usar a sua mesma frase usando esse sistema. Seria interessante que não fôssemos tão contundentes em relação às opiniões quanto à sistemas. Concordam?

  3. Interessante isso. Tem gente que paga (e caro) para outros divertimentos, porque não para jogar RPG?
    Mas o mestre tem que ser muito bom (ou muito cara de pau) para ter coragem de enfrentar um grupo de jogadores pagantes. Afinal, assim eles viram “clientes”. E o cliente sempre tem razão…

  4. Também não acho um absurdo o pagamento do ‘serviço’.

    Vcs já viram a quantidade de detalhes que o Gurps têm?
    Só para mestrar já temos que ter várias qualidades. Quando administradas no sistema Gurps, fica tudo mais difícil, PORÉM, mais interessante, mais realista, e enfim, mais divertido.

    Aliás, o estilo, cenário e todas as características que eles pediram, são perfeitas. Muito Bom!

  5. Tem auxílio moradia, PL, plano de saúde, etc ???
    Brincadeira – Mas achei legal a iniciativa!
    Abraço

O que achou desse post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s