[Resgate] Guia de Interpretação para Magos

MAGO

.

O caminho do Mago

O mago talvez seja a Segunda classe mais escolhida entre os jogadores iniciantes para começarem em um suas vidas de aventuras e desventuras, mas seria essa a classe mais indicada? A resposta é sim.

Uma vez aprendi que RPG é cultura e nunca discordei disso. O mago seria exatamente isso, cultura. Nua e crua.

Os magos eram tidos como figuras de respeito e poder dentre a sociedade, aí já não falo sobre arkanun mas já vou fazer isso, o que os levavam a Ter postos elevados dentro do castelo real ou dentro de um grupo de aventureiros, queiram eles ou não. A figura de mago com chapéu pontudo foi obtida por Gandalf, do livro Senhor dos Anéis, e depois espalhada por todas as obras de fantasia de RPG que foram posteriores ao filme, o que quer dizer todas mesmo.

Já em Arkanun os magos são vistos com medo e horror pela sociedade. A inquisição e os templários os caçam com unhas e dentes para impedir que eles espalhem suas palavras malditas pela terra do Nosso Senhor Jesus. Para um iniciante, jogar com um mago em Arkanun é começar do zero como se já estivesse no cem, mas não quer dizer que isso não aconteça. Talvez aí está a diversão.

.

O Início

Muitas pessoas me perguntam como se faz para se tornar mago em uma campanha de Arkanun, na maioria das vezes são meus jogadores. Eles questionam se é só eles pagarem a quantidade necessária de pontos do kit que querem e pronto. São magos. Com toda a minha fúria eu respondo que não, que se tornar um mago, ou qualquer outra coisa, durante a aventura não é tão fácil assim, que eles precisam lutar muito para depois conseguirem o que querem. E lutar muito quer dizer, abrir mão das aventuras com o grupo para participar de aventuras com a Ordem, caso tenha conseguido entrar em uma, lutar para conseguir um tutor que se dedique a você integralmente, e com os tempos de inquisição isso está se tornando cada vez mais escasso e por último ele poderia colocar os pontos. Claro, depois que ganhá-los nas aventuras em prol de seu objetivo.

Se tornar mago é exatamente isso descrito acima, luta. Para se tornar mago o personagem precisa correr atrás das informações necessárias que o levem até o caminho desejado. Os magos de Arkanun são reservados por causa da inquisição e por isso o trabalho fica ainda mais difícil.

Na história dos PC’s é comum vermos os tutores pegando seus pupilos para passar-lhes os ensinamentos mágicos a troco de nada, mas será que seria mesmo assim se fosse você que tivesse poderes mágicos cobiçados por todo o mundo. Será que você não exigiria nada em troca de seus ensinamentos? Pense bem na hora de colocar isso novamente em suas histórias.

.

Magia e Funcionalismo

É importante lembrar que magos são capazes de soltar magia com muita facilidade, talvez não tanta assim, mas que isso destrói o mundo de baixo e traz graves conseqüências ao nosso plano. A hora certa de soltar magia deve ser definida pelo jogador e mais ninguém, o que pretendo aqui é apenas orientar a esses jogadores sobre o que elas podem trazer depois.

Um personagem mago deveria ser vangloriado e agraciado, não pelas suas maravilhosas bolas de fogo lançadas nos orcs há horas atrás, mas sim por suas sábias palavras em como dialogou com um Ente que estava perto do fato e não gostou nem um pouco de ver suas irmãs sendo queimadas pelas chamas. Um mago deve saber a hora de falar e de calar-se, assim como a hora de fazer alguém falar e a hora de fazer alguém ficar calado, como em Senhor dos Anéis quando Gandalf pediu para Sam ficar quieto quando este falasse com o Rei. Claro que seu pedido foi rejeitado pelo insistente Hobbit, mas este também soube reconhecer que Sam utilizou-se de suas palavras com sabedoria e preciosidade, coisas pouco comum em um Hobbit. Ter errado a respeito do silêncio de Sam não fez Gandalf ser mais burro, mas a forma como ele escapou do erro depois de Ter tido “sucesso” é que o faz ser apreciado. Assim devem ser os magos PC’s, sábios e astutos, para as horas que todo o grupo precisar ele estar lá com palavras sábias que os salvarão da boca do tirano demônio.

Para jogar com um mago em Arkanun é preciso também não só conhecer o que o mago pode ou não fazer, mas sim como ele pode ou não fazer. Um mago que não seja

capaz de lançar uma bola de fogo numa hora oportuna, deve saber explicar isso aos “tolos” guerreiros que o acompanham e nada entendem de magia.

Lembrem-se, conhecimento é poder.

.

Magos e o Perigo

Não quero, com este tópico, afirmar que os magos são covardes ou coisa parecida, mas magos são seres que são desprovidos de força e de habilidades físicas isso ninguém pode negar ( a não ser o Rod Reis que desenhou aquele mago do guia de itens mágicos igual ao He-man).

Mesmo os mais poderosos dos magos têm medo, quem dirá um mago de 3º Nível que tá iniciando agora sua carreira de aventureiro. Uma das maiores dificuldades de se interpretar um mago é na hora de saber o que ele deve temer e o que ele deve enfrentar.

Para essa pergunta eu tenho a resposta na ponta da língua: o ser humano, não importa se mago, guerreiro, chacrete, prostituta, etc, teme o desconhecido. Para um mago, algo que está fora de sua compreensão é algo desconhecido. Para um mago que é especializado em fogo, ver um elemental das chamas em sua frente pode não ser algo tão amedrontador assim, mesmo que ele se dê mal por isso, pelo simples fato de que ele pode acreditar que tem controle sobre a criatura, apenas por utilizar do caminhos das chamas.

Assim como um eletricista se encoraja a meter a mão num fio que ele tem certeza que  não vai dar choque, é o mago diante à criatura, mesmo minutos depois a força tendo sido ligada jogando o eletricista longe e inconsciente, mas ele teve coragem, ou eu deveria dizer confiança, em seus conhecimentos.

Do mesmo jeito que um eletricista pode se dar mal acreditando em seu conhecimento, o mago também pode, então explore mais isso é verá que pode ser bem divertido.

* * *

Esse texto foi escrito por Devil’s Cry, no multiply do Sistema Daemon Rpg. Achei bastante interessante por isso resolvi resgatar a materia na integra para a apreciação do texto. Quem estiver interessado pode ver a materia original no link: http://daemonrpg.multiply.com/journal/item/2

Nesse mesmo artigo Devil’s fala de criar um netbook com o tema, mas não tenho idéia se ele chegou a concluir.

Anúncios

O que achou desse post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s