[D&D] Qual seu tipo de Mago?

Hoje iniciamos mais um grupo de rpg. O jogadores são os mesmos, o narrador também não é mais novidade, porém, novos personagens e novo sistema (D&D – pelo menos na mão do atual mestre) – por isso novo grupo. Meu personagem, como já havia dito antes, é um Gnomo Mago Ilusionista. E é exatamente nesse ponto que eu queria chegar.

Aqui, dos pesonagens que vi em minhas mesas, tanto como mestre ou como um simples jogador, percebo nos personagens magos, quando o sistema é D&D, a ilusão de alguns jogadores quanto a bola de fogo. Acham que essa magia será capaz de resolver os problemas que envolvem um combate. Aceito o fato de que esta é uma boa magia, mas seu efeito é único e instantaneo – e o depois? Durante o restante do combate, quando não  há mais bola de fogo e os inimigos ainda estão em pé? Por que por aqui dificilmente o combate acaba quando uma bola de fogo é disparada.

No caso de meu mago ilusionista, que ainda é de 5º nível, não coloquei as forças dele em torno de uma bola de fogo. Com sua inteligencia 16, só é possível realizar duas magias de nível 2 e mais uma da escola de ilusão, devido a especialização. Sendo assim não acho que meu personagem será mais eficiente se eu escolher como magias duas bolas de fogo e uma outra da escola de ilusão. Será mortal durante duas magias, mas depois disso nada. Por isso optei por um mago que prioriza auxiliar o grupo durante o combate. As magias escolhidas foram esfera de invisibilidade, vôo (para a proteção pessoal de meus 29 pontos de vida) e velocidade, todas magias de terceiro nível. As magias de segundo nível foram invisibilidade (novamente para proteção pessoal), força de touro e visão no escuro (um pouco individual, mas que pode ser útil para o grupo), as de segundo nível. Armadura arcana (para mim ou outro companheiro), Escudo arcano (para um dos dois guerreiros do grupo, que não utilizam escudo), Aumentar pessoa (para um dos guerreiros) e tranformação momentanea (da escola de ilusão), as magias de primeiro nível. As de nivel zero são Detectar magias, luz e sons fantasmas. O mais importante de se notar é que as magias mais úteis na hora do combate não são bolas de fogo, que são instantaneas, e sim magias que duram mais de uma rodada: aumentar pessoa (Nivel 1), dura 1min/nível; Velocidade (nivel 3), dura  1 rodada/nivel; força de touro (nivel 2), dura 1min/nivel; escudo arcano (nivel 1), dura 1 min/nivel. Essa é parte da estratégia, o resto é de improviso.

Da forma que eu criei meu personagem acho que ele será um pouco mais importante para o grupo. Mesmo que ele possa parecer de inicio um pouco fraco, se estiver junto de seus amigos jamais sentira medo enquanto tiver magias.

Essa é minha atual contuda de personagem usuário de magia em D&D, qual a sua?

Anúncios

14 pensamentos sobre “[D&D] Qual seu tipo de Mago?

  1. Não sou jogador de D&D

    mas no Gurps meu tipo de mago preferido costuma sempre possuir 3 escolas.

    – Necromancia
    – Fogo
    – Mente

    🙂 Quando jogo com mago, costumo ser mal, muito mal.

    LOL

  2. Tu devias jogar d&d 4.0 e montar um mago, mais simples e mais eficiente.

    Obrigada pela visita no Nerd Femea.

    E sim, vermelho é coisa de menininha!!! hahaha

    bjsss

  3. Mestre Meyer – Mago de gurps é outro estilo de criação. Muito mais liberdade e não há a necessidade de lançar uma magia por nivel, nós temos fadiga – 100% liberdade. Mas em D&D é outra historia, neguim tem que rebolar pra ser bom nos primeiro niveis. Em níveis elevados o mago em D&D se torna bem mais eficiente.

    Eveblood, magoei – nunca pensei que meu mago seria taxado de complicado e de pouca eficiencia. Blog de mulherzinha eu perdoi, mas isso nunca!

    Até breve a todos!

  4. Mestre Meyer, eu tbm sou fanzasso de GURPS, mas gosto de idéia de que se tem que conhecer para poder criticar… O Emilson tem razão. Nos primeiros níveis de D&D o mago sofre muito para acompanhar um grupo com bons combatentes. Esse mago feito pelo Emilson foi um dos mais bem aproveitados que vi nos ultimos tempos. Ele serve ao grupo e ajuda com tudo que sabe fazer. Mesmo as magias de proteção que ele usa para si mesmo, são para usar em combos com magias que ajudam o nosso grupo. Parabéns ao Emilson pelo personagem, realmente um dos melhores que eu vejo já há muito tempo…

    Agora… Vermelho??? Mulherzinha??? Viajei… Pensei que verde fosse cor de moçoilas…

    kkk

  5. Ei mestre meyer eu naum entendi esse “eu S2 GURPS”… Se for alguma coisa ligada ao sistema gurps eu ainda naum conheço ou estou bem enferrujado, por isso peço humildemente que me explique.

    Até!

  6. uHAuHAuahuUAuhaUHA

    é uma gíria da internet..

    S2 = amo

    EU S2 GURPS = EU AMO GURPS

    Se vc olhar bem vai notar que S2 parece um coração.

    Coisas do IRC de bilhoes de anos atrás…

    (sim eu sou da época do IRC)

  7. Isso mestre meyer! Ria da ignorância dos outros, da falta de conhecimento dos menos favorecidos. Mas pelo menos aprendi alguma coisa nova…

    Eu também S2 GURPS.

    Infelizmente não sou da época do IRC, bem que eu queria ter sido.

    Até mais!!!!

  8. O meu conceito de Mago de D&D: preferi algo mais abrangente. Não se prender a uma unica magia porque não existe uma unica situação em combate. O mago de D&D tem que escolher a suas magias no começo do dia e não sabe qual a situação que lhe espera, tendo o jogador que escolher uma magia que fucione em diversas situações, o jogador que se por a frente das situaçõs que lhe espera.

  9. O sistema de magias de D&D 3ed, é interessante porém muito falho, as magias são em suma boas se usadas com criatividade (criar água + toque chocante? teia + mãos flamejantes? isso pra não falar nas magias da escola de transmutação) agora em um post anterior a este concordei com mestre emilson, sobre testes pra realizar magias. Sistema de magia mais apreciado por mim é o do Ars Magicka (de onde o daemon foi copiado) o de GURPS acho bom mas esquisito, e finalmente o de D&D 4ed não merece nem ser comentado (lista de hadoukens), apesar que o essentials já deu uma melhorada neste…

  10. @Baloth – Primeiro obrigado pelo seu comentario e sua vista a esse humilde blog.

    Acho a mesma coisa do sistema de Magia de D&D 3D. Quanto mais liberdade o sistema de magias dá, eu penso que melhor será.

    Porém, cada sistema tem o seu estilo. Acredito que pra mecanica de D&D a idéia é válida.

    Tive, nesse mes de janeiro de 2011, uma experiencia e tanto com o sistema de magia de mago: o despertar. Muita liberdade. O sistema exige muita criatividade e conhecimento tanto por parte do mestre, quanto por parte dos jogadores. É o unico sistema de magia que me faz ter quase dó do mestre.

  11. D&D 3.5? Mago não pode esquecer jamais de criar pergaminhos. Você pode ter um pergaminho ou dois das magias de uso pouco prático ou muito restrito e criar muitos pergaminhos das magias mais usadas, como bolas de fogo. Aí sim o mago se torna uma máquina de guerra.

O que achou desse post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s