[D&D 3.5] Adquirindo Itens Mágicos

O artigo anterior fala sobre a questão da aquisição de classes de prestígio. Esse artigo vem com dúvidas sobre a aquisição de itens mágicos. Sendo assim já inicio o artigo perguntando se para adquirir um item mágico basta entregar ou se é necessário realizar alguma encenação bela e artistica?

Essa pergunta é um tanto quanto fácil de reponder para marioria das pessoas, mas e quanto a personagens criados acima do nível 1. Segundo o livro do mestre de D&D cada nível acompanha um certo nível de riqueza e na página 135 do mesmo nível existe uma tabela como uma tabela que indica o quanto cada nível deve ter. No caso de meu Gnomo Ilusionista, criado no 5º nível, ele começou com 9000 peças de ouro e compramos os itens antes de começas a aventura. Nesse caso há uma outra forma de se comporta?

Quando mestro de D&D e os personagens começam acima do 1º nível, costumo deixar que os personagens iniciem a sessão com a quantidade de recursos indicados na tabela da página 135 do livro dos mestre. Quando há a necessiade de  entregar algum item mágico ao personagem eu também não enfeito muito.

Mas em resumo é isso. Falta apenas saber o que vocês acham.

Anúncios

5 pensamentos sobre “[D&D 3.5] Adquirindo Itens Mágicos

  1. Acho que seja como o livro manda. Em cada nível o personagem deve ter aquele valor de riquezas, mas que não seja simplesmente itens que aparecem do nada. Quando não os puser em uma pilhagem, que dê o dinheiro aos personagens para que eles vão até alguém para comprar…

  2. Acho que o sistema D20 os itens magicos ficaram muito banalizados, não é a mesma coisa ter uma espada +1 na 3.5 do que no AD&D. Além da quantidade enorme de itens que eles podem ter (e normalmente o tem). Queria que em minhas mesas os itens tivessem mais história, mais cena, do que apenas mais um item…

  3. As indicações do livro realmente são as melhores opções, principalmente por evitar uma quantidade enorme de detalhes que podem atrasar a sessão. Mas acho que os itens deveriam ter mais backgrounds, assim como os personagens, assim como acontece no cenário do senhor dos aneis, onde cada espada e cada item tem sua história e importância. Sei que no cenário do senhor dos aneis a magia é mais rara, uma força maior do que em outros cenários. Acredito que isso seja o defeito nos outros cenários (Meu lado Gurps dominando).

    Outra coisa que deixa o trabalho mais complicado é a troca constante de itens. Por que não adianta nada escrever o background de uma espada mágica +1, se a troca por uma espada +2 vai ser feita sem nem saber se ela tem ou não uma maldição.

    Vou tentar pensar em alguma coisa e depois eu volto… Até!

  4. Itens mágicos são parte fundamental do D&D e, IMHO, não podem ser vendidos separadamente. Mas concordo que os itens mágicos devem ter mais carisma. Na minha mesa, todo mundo tem uns dois-três itens mágicos, estamos de 4º nível no D&D. E em todo PC pelo menos um desses itens tem ou nome, ou história, ou acontecimento legal que é lembrado.

    E com as regras de melhorar os itens do Adventure Vault, a coisa funciona melhor ainda. Agora, até aí acho que alguns itens mágicos são meio mundanos para PCs aventureiros mesmo. Medalhões e capas de proteção, poções de cura, bag of holding e similares para mim é meio carne de vaca mesmo.

  5. Pra mim, item mágico não pode ser comprado numa vendinha, curto mais quando encontro após um grande desafio ultrapassado. Geralmente o mestre nesses casos escolhe itens que se encaixam bem com os jogadores, eu pelo menos tento fazer isso.

    E vender item mágico, tu até vende, mas sempre pela metade do preço, mas nada de escrachado como uma loja de itens mágicos, senão perde o valor.

O que achou desse post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s