[Personagem] Francisco – Vampiro Ventrue

BACKGROUND DE FERNANDO RODRIGUES DA FONSECA

Eu nasci em 1906, no Brasil, na república do café-com-leite. Sou natural  da  cidade  de  São  Paulo  e  passei  toda  minha  infância cercado  pelos  luxos  proporcionados  pelo  café. Meu  pai, Afonso Rodrigues da Fonseca, foi um dos Coronéis do Café, dono de uma fazenda invejável, mas mesmo assim não estava entre os maiores. Apesar disso tinha bastante poder e influência.

Em  1924 meu pai  adoeceu  e morreu. Minha mão  não  agüentou o choque  e  enlouqueceu,  falecendo  um  ano  depois.  Com  apenas  18 anos eu tive que assumir a fazenda. Por ser filho único e não ter outros parentes por perto, fiquei sozinho em um mundo ainda não dominado  por mim.  Pensei  em  vender  tudo,  desistir  e  sumir  no mundo. Mas  não  consegui  abandonar  as  terras  de meu  pai.  Com imensa dificuldade passei a administrar a fazenda.

Cinco anos depois da morte de meu pai eu já havia tomado conta de  toda  situação.  Nessa  mesma  época  conheci  Fernando,  um jovem de minha idade e também independente como eu. Porem eu só o via a noite, mas isso não me incomodava, por que eu passava todo o período do dia administrando a fazenda.

Em  um dia  chuvoso de maio Fernando me  convida para  ir  a  uma festa na sua casa. Por ser um dos poucos amigos que consegui em meio as minhas obrigações com a fazenda, aceitei de bom grado e no início da noite já estava em sua casa, mesmo antes de qualquer outro convidado chegar, pois ele havia mandado me buscar.

A  festa  transcorreu  tranquilamente  e  eu me  divertir  bastante. Já muito tarde, depois de ter bebido bastante, fui até Fernando me  despedir.  Porém,  em  vez  dele  simplesmente  mandar  me deixarem ele fez questão de me acompanhar.

Fomos conversando todo o trajeto até minha casa, sobre os mais variados assuntos. Quando chegamos à frente de minha casa, eu ia  saindo  da  charrete,  quando  Fernando me  puxou  pelo  braço  e mordeu meu pescoço. Foi um êxtase torturante sentir que todo o sangue de meu corpo estava sendo sugado, mesmo estando ciente de tudo não consegui resistir. Depois de tirar todo meu sangue e me deixar à beira da morte Fernando derrama um pouco de seu
sangue,  tirado  de  seu  pulso,  em  minha  boca.  Logo  em  seguida senti  uma  grande  dor  e  angustia  e  depois  de  um  período  de sofrimento eu morri, em 21 de maio de 1929. Senti uma grande tristeza por perceber que minha vida acabaria de uma forma tão banal.

Porém para minha surpresa eu acordei em meu quarto, com uma rápida sensação de prazer e alívio que nunca havia sentido antes e  nunca  mais  voltei  a  sentir.  Senti-me  mais  belo.  Passei  a  ver detalhes que  jamais havia visto, escutei sons que nem em minha imaginação  pensei  existir  e  senti  estímulos  táteis  nunca  antes apreciados.

Quando  voltei  a mim  vi uma bela mulher  ao meu  lado e  sentado próximo  a  minha  cama  estava  Fernando.  Depois  de  minha surpresa  fui  tomado por uma  fome avassaladora, mas antes que eu perdesse a razão Fernando me guiou até o pescoço da mulher inconsciente  ao meu  lado  e  eu  senti  pela  primeira  vez  o  quanto meu paladar havia se intensificado, porém descobriria mais tarde que meu paladar havia se apurado única e exclusivamente para a VITAE.

Nas  noites  seguintes  passei  aprendendo  sobre  a  sociedade  dos morto-vivos através da tutela de meu senhor Fernando e minhas próprias  experiências.  Aprendi  o  que  significa  ser  um  vampiro, sobre a besta, o frenesi, o abraço e mais detalhes sobre a fome.

Minhas primeiras noites foram épocas de descobertas e tristes revelações. Do que eu tinha ganhado como vampiro e o que tinha perdido por não ser mais mortal.

Aprendi  também  sobre  a  caçada  por  alimento,  sobre  como escolher um bom refúgio e mais sobre a sociedade vampírica em geral. Aprendi em toda a sua essência a ser um Ventrue.

Os anos se passaram e eu consegui certa independência, mas não era  totalmente  livre.  Na  década  de  80  perdi  o  contato  com Fernando, quando ele partiu para Europa.

Em 99 anos tudo em minha vida mudou. Assim como todo o meu mundo.  Eu  passei  de  um  simples  fazendeiro  a  um  homem  de negócios.  Troquei  meus  belos  cavalos  por  carros  movidos  à gasolina. Deixei a casa no campo e me mudei para cobertura de um prédio  luxuoso próximo ao centro de São Francisco. A única coisa  que  não  mudou  foi  a  o  meu  gosto  por  riquezas,  poder  e status.

No ano de 2000 deixei o Brasil e a grande São Paulo e me mudei para São Francisco nos Estados Unidos. Como homem de negócios que sou me mudei em busca de novas oportunidades.

Hoje sou dono de um hotel e uma boate em São Francisco. Tenho certo  respeito  da  Sociedade  Vampírica  e  conheço  o  príncipe  o suficiente para não me meter em seus assuntos, pelo menos por enquanto.  Possuo  um  bom  relacionamento  com  o  primógeno  do meu clã e não tenho intenção de confrontá-lo agora.

Faz  uma  semana  que  não  saio  de meu  refúgio  e  sinto  às  vezes como  se  estivesse  faltando  algo  de  muito  valor  em minha  não-vida. Tirei esse  tempo  só pra mim, para pensar no meu próximo passo.  Sinto  que  algo  grandioso  esta  para  começar  e  eu  quero esta preparado.

Francisco Rodrigues da Fonseca

OUTROS DETALHES
Meus  recursos  provem  do  hotel  Sol  Nascente,  o  qual  é administrado por meu aliado e sócio Takaro Himura, um  japonês que conheci logo que cheguei em São Francisco.

Possuo  um  refúgio  na  cobertura  do  meu  hotel,  situado  o  mais próximo possível do centro da cidade. A mais  luxuosa cobertura que  meus  recursos  quatro  possam  comprar.  Porém  esse  é  um refúgio  de  fachada,  mais  para  realização  de  festas  e  eventos. Quem  realmente  mora  e  toma  conta  do  lugar  é  meu  lacaio Alexandre Martins,  que  veio  comigo  do  Brasil,  juntamente  com um dos membros de meu rebanho Alice Morais.

O meu  verdadeiro  refúgio  é  no  subterrâneo  de minha  boate. A qual é administrada (testa de ferro) por Francis Miker, outro de meus lacaios, que conta com a ajuda de Mery Lucy, outra de meu rebanho. O meu refúgio é bem luxuoso e têm um sistema a prova de som, câmera de segurança, alarme e outros meio possíveis de me  prevenir. Alem  disso  conta  com  uma  sala  especial,  que mais parece um quarto de hospital, onde mantenho uma bela jovem em coma  induzido,  o  terceiro membro  de meu  rebanho. Nunca  quis saber o nome dela e até continuo sem saber. Quem administra os remédios  é  meu  lacaio  Francis  que  recentemente  terminou  a faculdade de enfermagem.

Tenho  uma  forte  influencia  sobre  Mauro  Vasques,  um  policial municipal  de  São  Francisco.  Ele  é  um  mexicano  que  ajudei  a atravessar a fronteira há alguns anos.

Conto  ainda  com  informações  de  Keyte  Kurts  funcionária  da Secretaria de Saúde de São Francisco.

DETALHES FÍSICOS
Tenho  1,80m  de  altura,  peso  80kg.  Olhos  castanhos.  Cabelos Loiros e sempre bem cortados. Pele branca. Uso  óculos  transparentes.  Visto-me  bem  de  acordo  com  a ocasião,  mas  tento  está  sempre  de  terno  e  gravata.  Uso  dois anéis  na mão  esquerda. Tenho  um  relógio  de  bolso,  o mais  caro que meu  recursos pode  comprar. Carrego uma bengala e uso um crucifixo.

PERSONALIDADE
Falo  o mínimo  necessário.  Tento  ser  o mais  direto  possível  em minhas  conversas.  Tento  sempre  demonstrar  o  mesmo  estado emocional, tranqüilo, independente de a situação ser boa ou ruim pra mim. Sou o mais discreto possível. Não gosto de me misturar com pessoas de classe baixa, mas não tenho problema se isso me trouxer  vantagens.  Não  me  importo  em  demonstrar  que  tenho  dinheiro, mas  isso  em minhas  ações  e  nunca  em  palavras  e  nem tento desmerecer ninguém. Simplesmente não escondo o que sou: um Ventrue de Sangue Azul.

* * *

Link para fazer o Download da Ficha, no blog do Mestre Meyer – PcPronto: http://pcpronto.blogspot.com/2009/02/storyteller-vampiro-ventrue.html

Link para fazer o Download do Background: http://www.4shared.com/file/83727321/e923471/Background_-_Francisco.html?dirPwdVerified=abe177db

Anúncios

O que achou desse post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s