Dicas para jogar RPG com qualidade…

  1. Dê vida ao personagem: Crie um background, nem que seja pequeno, coloque a data de aniversário dele na ficha, escreva os nomes dos caras que ele conhece melhor, família, etc.
  2. Ouça o que o mestre tem a dizer: O cara tá tentando lhe fornecer algumas horas de diversão, puramente gratuita. Dê um tempinho pra ele antes de ficar com cara de tedio.
  3. Jamais fique esperando o Mestre tomar a ação por você: sempre que puder peça para olhar em volta, MOVA-SE! As boas interpretações feitas no meu grupo que literalmente roubaram-a-cena nada tiveram a ver com o assunto da campanha, mas sim baseado em peculiaridades de conversa.
  4. Aceite o que o mestre fala: Se ele disse que ‘não pode!’ então deixa esqueça, não fique insistindo em colocar aquela habilidade apelona, ou qualquer coisa do genero. Se ele disse que você escorregou e tascou essa bunda branca no chão, levante-se!
  5. Não se meta na interpretação alheia: Cuide do seu personagem que já ajuda muito! Deixe que os outros jogadores interpretem os seus. Não dê palpites nos personagens alheios durante a sessão.
  6. Marque presença nas sessões: Não falte. Se tiver que faltar avise ao narrador com antecedência. Chegue na hora marcada. Procure saber o que você deve e o que não deve fazer na casa de quem estiver jogando.
  7. Conheça o seu narrador: Exitem extremos, do narrador que valoriza apenas a interpretação ao que acha que as regras são fundamentais, do que quer interpretação o tempo todo ao que aceita piadas fora de jogo e até mesmo faz elas, descubra entre qual desses extremos está o seu narrador e guie sua forma de jogar a partir daí ou se for um caso procure um novo mestre, diz o ditado: “Para cada jogador, um narrador e vice-versa”.
  8. Não esqueça as armas básicas do jogador de RPG: Lápis e borracha são fundamentais em qualquer sessão.
  9. Procure uma imagem que mostre seu personagem: Tá bom, isso não é essencial, mas ajuda muito os jogadores visualizarem o seu personagem e pode melhorar as descrições.
  10. E por último e mais importante. INTERPRETE O SEU PERSONAGEM: Não dê a ele a SUA vida. Você é você. Se você é invejoso, que ele não o seja. Se você é rico [sorte sua!], mas ele não precisa ser.

Enfim, acho que é isso…

Até…

Anúncios